Digital signage (MDOOH)

Qual é a relação entre digital signage e a Internet das Coisas?

Você já pensou o que seria de sua vida sem a internet? Parece impossível, não é mesmo?

Afinal, hoje tudo está conectado.

E um conceito que vem ganhando destaque é a Internet das Coisas, em inglês, Internet of Things (IoT). Você já ouviu falar?

O que é Internet das Coisas?

Esse termo surgiu pela primeira vez em 1999, por Kevin Ashton.

De forma resumida, a Internet das Coisas são todos aqueles equipamentos conectados à internet. E não estão limitados a apenas os dispositivos móveis. Podem ser, também, roupas, móveis, eletrodomésticos, carros etc. Enfim, tudo o que faz parte de nosso dia a dia.

Conforme previsão do Instituto Gartner, o número de dispositivos conectados à internet ultrapassará os 20 bilhões em 2020. Esse número já é bastante expressivo!

Por isso, temos que trabalhar e utilizar essas informações e a tecnologia a nosso favor.

Um dos setores que tem se beneficiado com a IoT é o de logística.

Como?

Pense, por exemplo, em uma compra realizada em algum site. É possível acompanharmos todos os detalhes, como: se o produto foi separado, se está na transportadora e quando será entregue.

Em alguns casos, podemos acompanhar o caminho que o veículo está fazendo até chegar ao destino de entrega da compra.

Podemos citar, também, os relógios de punho inteligentes. Ou, ainda, quando, ao entrar em casa, o ar-condicionado percebe a sua presença e aciona-se automaticamente.

Logo, a sinalização digital (digital signage) também se beneficia com a Internet das Coisas!

Mas o que é digital signage?

Digital signage é um sistema de comunicação mais objetivo e assertivo que exibe conteúdos, sejam institucionais ou promocionais, de forma digital por meio do uso de internet e monitores ou painéis eletrônicos.

Com uma rede de displays digitais programáveis, a informação segmentada é exibida em determinado local para o público-alvo de forma personalizada, sendo um dos grandes benefícios de seu uso.

Podemos exemplificar o uso da sinalização digital em: telas que exibem lançamentos e promoções nas filas, enquanto as pessoas aguardam serem atendidas, anúncios nos totens em pontos de ônibus, painéis de LED em rodovias, entre outros.

E qual a relação da Internet das Coisas com a sinalização digital (digital signage)?

Há uma crescente necessidade de busca pela atração do público de alguma forma criativa e original. A tecnologia colabora muito com isso.

Assim, a Internet das Coisas veio para somar e pode ser trabalhada em conjunto com a sinalização digital.

Por exemplo, uma mensagem interativa, que se torna atrativa ao público, deixa de ser passiva para essa transmissão e facilita a decisão de compra de produtos em pontos de venda.

Seguindo em exemplos, em um ponto de ônibus pode ser criada uma interação entre o público e o display.

E essa foi a ideia utilizada pela Pepsi, com recursos da realidade aumentada. Você pode ver o resultado aqui.

No Brasil, grandes empresas como a Ótima, têm realizado projetos especiais que trazem esse tipo de inovação em suas campanhas para obter resultados mais expressivos – e as empresas que anunciam, estão aderindo cada vez mais a este conceito!

E a Internet das Coisas (IoT) tem propiciado não só ações em campanhas publicitárias diferenciadas como também trazem serviços de utilidade pública, como a detecção do nível de CO₂ nos abrigos de ônibus.

Com o mundo cada vez mais conectado, torna-se cada vez mais necessário que empresas pensem em estratégias que visem o futuro e as tecnologias para continuarem competitivas e criarem oportunidades de inovação.

E você? Como a sua empresa tem se aproveitado das novas tecnologias e se inserido no mercado?

Ficou com dúvida? Escreva nos comentários.

Postado por: INVIRON | www.inviron.com.br

Deixe uma resposta

ENTRE EM CONTATO