Mídia indoor

O que é mídia indoor?

A informação é uma ferramenta fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Por meio dela, é possível criar um diálogo com o público e elevar o relacionamento empresa-consumidor e/ou empresa-colaborador.

No universo da comunicação, existem diversos canais e meios para transmitir dados e gerar esse diálogo.

“Canal” é um termo amplo,  mas, podemos simplificá-lo como “o modo que a mensagem, o texto, a imagem (a informação) chegará ao público”.

Nesse sentido, existem canais off-line e on-line, entre eles: canal impresso, digital, interno, externo etc.

Por outro lado, os “meios” são as possibilidades que este canal oferece.

Por exemplo, no Out Of Home (OOH), que se trata de um canal off-line e impresso, seus meios são: outdoor, totem estático, banner etc..

Já no Digital Out Of Home (DOOH), por ser um canal eletrônico, seus meios são: painéis de LED, TV indoor, totem digital, entre outros.

A mídia indoor pode ser um meio tanto do Out Of Home quanto do DOOH, isso porque existe a opção off-line e a digital.

Tudo que você precisa saber sobre mídia indoor

Quando vamos ao supermercado, lojas, shoppings, consultórios médicos ou até mesmo quando pegamos o transporte público, nos deparamos com diversos formatos de mídia.

Desde um cartaz de ofertas até um monitor que apresenta o horário de funcionamento do estabelecimento e propagandas.

A mídia indoor, de modo geral, se refere aos conteúdos exibidos em ambientes internos, como nos exemplos citados.

Mas, qual é a grande vantagem de seu uso?

A segmentação do público para a transmissão das informações.

Isso porque uma peça publicitária veiculada ao ar livre impacta um público amplo, inclusive aquele nicho que pode não possuir o perfil do produto potencial do anunciante.

Já a mídia indoor, atua em um ambiente controlado, de modo a ser possível definir o perfil de frequentadores.

O resultado?

Uma comunicação mais assertiva e eficiente.

Por exemplo, o display de um pet shop e/ou de uma clínica veterinária que veicula um produto voltado aos cães poderá ter um engajamento e retorno maior, comparado ao anúncio em um banner na rodovia.

Comunicação digital

Como citamos acima, as mídias instaladas na parte interna dos estabelecimentos possuem diversas opções.

Contudo, é inegável que, atualmente, o formato de maior impacto é o digital.

De acordo com uma pesquisa da ReelSEO, 96% das organizações utilizam vídeo de alguma forma em suas campanhas de marketing e 73% relataram resultados positivos no retorno sobre investimentos (ROI).

Os players que irão veicular as mensagens podem estar ligados à TVs, telões e outros equipamentos que suportem e reproduzam vídeos.

Esse modelo também é conhecido pelo nome de digital signage.

Conteúdo Climatempo

Uma alternativa comum e eficiente é combinar conteúdos publicitários com outros que sejam informativos e relevantes para o público-alvo, como notícias, previsão do tempo, dicas de saúde etc.

Dessa forma, você consegue combinar a atração e o engajamento juntamente com a construção de um relacionamento com sua audiência.

O conteúdo produzido reflete diretamente como a audiência perceberá os anunciantes.

Por isso, a vantagem é permitir que esse conteúdo seja personalizado e dinâmico.

Quais são as opções?

As possibilidades variam de acordo com o local em que o meio será instalado.

Por exemplo, em restaurantes, lanchonetes, bares e padarias, pode ser aplicada como:

1.Menu board para exibição do cardápio;

2.Totem digital para comunicar avisos e ou anúncios;

3.Cavalete digital para a apresentação de destaques.

Em locais que há espera (como clínicas, hospitais, bancos) a TV Corporativa é uma boa aposta, pelo fato de entreter o público durante o período em que ele aguarda atendimento.

Além disso, a TV Corporativa também pode ser utilizada em empresas e indústrias, no intuito de zelar e elevar a comunicação com o público interno, assim como o mural digital.

Em aeroportos,  transporte público, shoppings, varejo e supermercado existem as possibilidades das instalações de painéis de LED indoor, telas em formatos de video wall, totens e TVs para a exibição de anúncios, horário de funcionamento, serviços, entre outros.

O que é preciso para implantar?

O primeiro passo é entender onde será instalada, o espaço disponível para tal e a distância que ficará do público.

Válido mencionar que o mais apropriado é que seja implantada no ambiente em que há um maior fluxo de pessoas.

No que tange os elementos, será preciso:

  1. Ponto de energia;
  2. Entender qual tipo de equipamento será utilizado (se será uma tela, um painel ou um totem, por exemplo);
  3. PC Player – computador específico para esse tipo de projeto;
  4. Software para gestão de conteúdos;
  5. Internet;
  6. Computador e/ou smartphone com conexão à internet para acesso à plataforma;
  7. Conteúdos apropriados para o ambiente.

Em suma, a mídia indoor é um meio do (Digital) Out Of Home que permite a comunicação com seu público em ambientes internos, de modo assertivo e impactante.

Deseja desenvolver um projeto?

A Inviron é especialista em soluções para comunicação digital,  da consultoria ao sistema de gestão de conteúdos. Entre em contato conosco e saiba mais.

Deixe uma resposta

ENTRE EM CONTATO